turma 2013 módulo 1 ATQ Chinesa

ESTUDO DIRIGIDO – TURMA 1301
Explique a relação de cada fator climático com os ZANG-FU, “COM AS SUAS PALAVRAS”- VENTO- FÍGADO / RIM – FRIO / …
( órgãos e vísceras)

15 Respostas to “turma 2013 módulo 1 ATQ Chinesa”

  1. Marlene Barros da Fonseca Says:

    O Zang (Fígado) Fu( Vesícula Biliar ) , começam o movimento na relação dos 5 Movimentos. Assim no caso da Madeira,o Fígado gosta de estender – se livremente e tem o vigor de subir e crescer. O Fígado e a Vesícula Biliar estão relacionados interior – exteriormente, as condições do Fígado determinam a dos tendões, tem como abertura os olhos e está relacinado ao sentimento Ira. Na Natureza,na Primavera venta muito, as plantas germinam e tornam – se verdes ( cor do movimento Madeira ) ,as frutas tem o sabor ácido ( sabor do Movimento Madeira ). Por isso, a Primavera, o Vento, a Germinação, o Verde e o Azedo estão relacionados ao Zang – Fu (Fígado e Vesícula Biliar ). Por isso o Fígado é o responsável pela distribuição do Qi. O Fígado normal distribui o Qi, e o Qi carreia o Sangue, e as Emoções. Quando há Estagnação do Qi as Emoções de todos os outros Orgãos ficam prejudicadas, quando há Estagnação de Sangue ocorre os Miomas, os Cistos, Tumores de Tireóide etc…

  2. PROF. RAQUEL Says:

    Marlene,
    grata pela iniciativa, porém o importante desta questão é você pensar em cada órgão na sua relação com o clima. Esta foi a questão da última aula do curso de fsiologia (módulo 1 ), portanto procure com algum aluno o material corresposndente. vento – fígado / umidade com baço/calor – co
    ração….
    aguardo resposta.

  3. Marlene Barros da Fonseca Says:

    Obrigada prof. Raquel pela atenção. O Vento, o Frio, o Calor do Verão, a Umidade, a Secura e o Calor são as variações da natureza chamados fatores climáticos. As enfermidades causadas por estes fatores estão relacionadas com o clima,e com o meio ambiente em que vivemos.O Vento é a Energia principal da Primavera. O Vento perverso pode ser de origem interna e externa. O Vento externo refere-se ao vento natural que agride o corpo causando enfermidades; o Vento interno é produto da disfunção do Fígado. O vento também é chamado : o chefe de todas as enfermidades,porque carreia todos os outros fatores climáticos: Vento- frio, Vento- calor, Vento- umidade e Vento- secura. O Vento tem característica de movimento nas enfermidades. Assim temos a vertigem, rigidez e epistótonos causados pelo Vento produzido pelo aumento do Yang do Fígado.

  4. Marlene Barros da Fonseca Says:

    O Frio é Energia relacionada ao Rim. O Frio como fator patogênico, pode ser : Frio interno ( deficiência do Yang do Rim ) , e Frio externo ( fator patogênico exógeno) ; ambos se relacionam e se influenciam mutuamente. Assim pacientes que têm Frio interno
    ( deficiência do Yang do Rim), são facilmente agredido pelo Frio patogênico. Pode ocorrer também a penetração do Frio externo no corpo ,se acumular e provocar lesão do Yang, e, como consequência produzir o Frio interno. As manifestações clínicas do Frio interno são: temor ao frio, membros frios, diarréia, poliúria, vômitos aquosos e dor nas regiões afetadas. Visto que o Rim é a sede de todo Yang do corpo, as síndromes de Frio interno por deficiência de Yang sempre estarão relacionadas com as condições do Rim.

  5. Marlene Barros da Fonseca Says:

    O Calor de verão é a energia que predomina no verão , e que se refere ao Fogo que é o fenômeno climático relacionado ao Zang Coração. Quando o Calor de verão invade o corpo abre os poros causando a sudorese ( fluído do coração ). A sudorese excessiva faz perder os líquidos orgânicos, leva à sede e ao desejo de beber água.Outros sintomas também podem ocorrer a saber: angústia, urina escassa e de cor escura, respiração curta ( opressão torácica), O calor de verão pode se associar à umidade e provocar lassitude de membros, vômitos e diarréia, este sintomas estão relacionados à insolação (diagnóstico da medicina ocidental)

  6. Marlene Barros da Fonseca Says:

    A Umidade é um fator climático que ocorre entre o fim do verão e o começo do outono. A Umidade pode ser de origem externa e interna. A Umidade externa invade o corpo quando o clima é úmido, ou após ter ficado na chuva, na água, ou locais muito úmidos. A Umidade interna é causada pela disfunção do BAÇO em transportar os líquidos, ocorrendo a estagnação de água no corpo. Se o corpo é agredido pela Umidade externa, há a lesão do BAÇO, e por consequência a falha na função de transporte do líquidos, se instalando então a Umidade interna. A Umidade interna (deficiência do Yang do Baço ) pode facilitar também a invasão da Umidade externa. As síndromes da Umidade se manifestam através do sintomas: peso na cabeça, sensação de peso no corpo,artralgia ( bi fixo ) diarréia, urina turva, secreção no olhos, leucorréia e eczemas.

  7. Marlene Barros da Fonseca Says:

    Próximamente falarei sobre a Secura.

  8. Marlene Barros da Fonseca Says:

    A Secura é a Energia que predomina no Outono. A Secura penetra no corpo atravéz do nariz e da boca. A Secura afeta diretamente o Pulmão.

  9. Marlene Barros da Fonseca Says:

    A Secura caracteriza- se pelo calor que consome os líquidos orgânicos, acarretando os sintomas: secura de boca,nariz, pele e pelos, constipação e pouca urina.

  10. Marlene Barros da Fonseca Says:

    A Secura lesa o Pulmão e o impede de exercer a sua função de controlar a passagem das águas, manifestando-se assim, a tosse seca,pouca saliva, catarro pegajoso de difícil expectoração,, catarro sanguinolento,dispnéia, e dor torácica.

  11. Mariana Guimarães da Silva Says:

    O fator climático que se relaciona com o fígado (órgão) e vesícula biliar (víscera) é o vento. Devido às características do fígado de crescimento, desenvolvimento e ascensão, que se assemelha com o vento. A orientação do fígado é Leste e o vento nasce do Leste.
    O fator climático que se relaciona com o coração (órgão) e Intestino delgado (víscera) é o calor. Devido às características do coração de ascensão e aquecimento, assim como o fogo que tem a característica de arder (aquecer) e subir.
    O fator climático que se relaciona com o baço (órgão) e estômago (víscera) é a umidade. A terra tem a característica de semear sementes e colher os alimentos, e para isso se faz necessária a umidade que tem características de nascimento, transformação e contenção, assim como o baço. O baço é um órgão úmido.
    O fator climático que se assemelha com o pulmão (órgão) e intestino grosso (víscera) é a secura. O pulmão é um órgão seco, ressecado, que tem a função de limpeza, clarificação e descenso.
    O fator climático que se relaciona com o rim (órgão) e bexiga (víscera) é o frio. O rim corresponde ao elemento água. é frio e úmido. Tem a característica de armazenamento, movimento para baixo e umidade.

    Aluna: Mariana Guimarães da Silva

    • PROF. RAQUEL Says:

      Mariana,
      A resposta está correta, porém vc pode especificar melhor o que cada padrão climático interfere na saúde e na doenca.
      Por exemplo: a umidade é a relacionada ao baco , portanto com a característica úmida se este estiver fraco, não conseguirá digerir alimentos úmidos. Preferindo quentes e cozidos. …
      Veja vento…frio….secura….preferências e tendências…
      Parabéns pela resposta e continue………agugardo qualquer comentário…..até sábado.

  12. Mariana Guimaraes da Silva Says:

    Raquel, como vc já exemplificou o baço, vou falar dos demais órgãos.
    FÍGADO-VENTO:
    Vento interno é sinônimo de estagnação. Pessoa estagnada não consegue movimentar a energia interna, com isso estagna a energia do fígado. O que faz com que a pessoa fique de mau humor, não se expressa, não põe o que sente para fora, tem sensação de bolo na garganta, boca amarga, com dificuldade até mesmo para o alimento descer.

    O aumento de vento interno aumenta o yang levando a deficiência de yin, ressecando a pessoa. Pode causar depressão, câncer e até mesmo AVC.

  13. Mariana Guimaraes da Silva Says:

    … continuando…
    Paciente com deficiência de fígado piora na primavera, onde a incidência de vento é maior.

    CORAÇÃO-CALOR:
    Paciente com deficiência no coração tem muito yang, muito calor, fala muito, face fica avermelhada com facilidade.
    O calor do verão faz o paciente com deficiência no coração se sentir mal, aumenta a sudorese.

    RIM-FRIO
    Paciente com deficiência de yang no rim tem frio interno. Portanto o frio externo piora o paciente (piora no inverno). Bom evitar alimentos frios. Comer comida quente.

    PULMÃO-SECURA
    O pulmao é um órgão seco. Portanto a secura o resseca mais ainda. Paciente com deficiência de pulmãoo piora no outono que é o mês mais seco.
    I

    RIM-FRIO

  14. VALERIA CANTARINI Says:

    Cada órgão é relacionado com uma estação climática.
    O vento, energia de dispersão, de crescimento, de expansão é relacionada com o fígado e a vesícula biliar. O vento como o fígado faz circular a energia em todas as direções, assim como a primavera faz crescer toda a natureza. Si a energia do fígado não funcionar bem, vai a produzir uma estagnação, dificultando a fluidez natural da sangue e a energia de maneira geral. Principalmente, poderá ter incomodo na área do plexo solar, nos olhos, ou no ciclo da menstruação na mulher, TPM, situações associadas com o fígado-vesícula biliar.
    Logo do Vento que é a estação da primavera, vem o Verão, que é a estação mais quente. Este calor que vem do céu e irradia pra baixo, é a função do coração no corpo humano capaz de esquentar as águas na terra, as águas é o Rim. Para que todo o que vive possa evoluir. Estas águas mantem a temperatura corporal e a possibilidade de transformar os alimentos e líquidos ingeridos em essência e energia, proporcionada pela função do Baço- Estomago.
    O excesso de calor pode prejudicar os órgãos superiores si ele não fluir para baixo. Ele pode produzir insolação, dor de cabeça, problemas cardíacos, etc. Assim como o excesso de radiação solar prejudica a natureza e produz incêndios assim o excesso de calor no corpo produz sequia, desidratação, sede, sudorese excessiva e mais.
    Logo do verão vem o verão tardio para o chines, que é quando sobrevêm a umidade depois do calor intenso. Esta estação esta relacionada com o Baço-estomago, e assim como depois do verão com a chegada da umidade sobrevêm o frio repentino, assim acontece quando o baço é umedecido de mais, perdendo sua capacidade de transformar e transportar os nutrientes, afetando a digestão, produzindo inchaço, mal-estar na área abdominal, como também provavelmente, mare-os, corpo pesado, falta de memoria, sonolência. O baço que é umidade não gosta do frio, prefere os alimentos mornos, bebidas mornas, que ajudem na função da digestão.
    Depois do verão tardio vem o outono, preludio do inverno, é a umidade convertendo-se em frio, é o metal se alimentando da terra, no interior dela, é o pulmão na sua função de dispersão e nutrição de todas as células do corpo humano. Não tem espaço aonde o pulmão não circule, ele esta em todo canto. O pulmão ajuda na dispersão da energia, e colabora com o coração na função de levar o calor para baixo, é o calor morno que descende equilibrando as temperaturas e os fluidos corporais. Colaborando assim com a função dos rins. O pulmão e intestino grosso tem a ver com a secura, ao igual que o outono, aonde as chuvas são mais escassas, o excesso de secura pode prejudicar a estos órgão nobres. Produzindo problemas respiratórios, falta de ar, gripe, resfrio, nariz com sangramento, tosse,prisão de ventre.
    Por ultimo vem o inverno, a estação mais fria, aonde toda a energia concentra-se no interior, concentrando-se em si mesma para renascer novamente na primavera. É a energia dos rins, fria, que é água, quem guarda a essência, todos os minerais vivendo em ela. A água flui, vai em todas as direções, completando, enchendo todo espaço que tiver. Os rins-bexiga fazem fluir as águas para cima e para baixo no caso da bexiga que é uma víscera de eliminação.
    Os rins- bx. controlam os líquidos no corpo, aquecem o baço colaborando assim com a função de transformação dos alimentos, e equilibrando a energia do coração que é fogo.
    O excesso de frio prejudica este órgão, produzindo um mal funcionamento de este como por exemplo, estancamento das águas, edema no tornozelo, dor lumbar, problemas cardíacos, insonia e mais.
    A primavera chega logo apos o frio intenso de inverno, como para equilibrar y manter assim as temperaturas, a vida e a essência em circulação e armonia, é essa a função do figado, quem cuida que todo funcione corretamente, é ministro, o encargado do rodem e a paz. As emociones equilibradas beneficiam ele.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: