ESTUDO DIRIGIDO – TURMA 130201-

1)QUANTAS REGIÕES ANATÔMICAS POSSUEM NO PAVILHÃO AURICULAR?
2)QUAIS ZANG FU PRODUZEM ENERGIA(QI) E SANGUE? COMO REALIZAM ESTA FUNÇÃO?
3)QUAIS ZANG FU SE RELACIONAM COM O FLUXO DE EMOÇÕES? POR QUE?
AGUARDO AS RESPOSTAS EM 1 SEMANA PARA A CORREÇÃO.
PROFESSORA RAQUEL TERRA

12 Respostas to “ESTUDO DIRIGIDO – TURMA 130201-”

  1. Eduardo Portela Says:

    1)QUANTAS REGIÕES ANATÔMICAS POSSUEM NO PAVILHÃO AURICULAR?

    16 regiões anatômicas.

    2)QUAIS ZANG FU PRODUZEM ENERGIA(QI) E SANGUE? COMO REALIZAM ESTA FUNÇÃO?

    O baço e o estômago são considerados como fonte de QI e Sangue. Eles realizam essa função através da essência do alimento produzida pelos mesmos.

    3)QUAIS ZANG FU SE RELACIONAM COM O FLUXO DE EMOÇÕES? POR QUE?

    Cada órgão está relacionado com uma emoção, por exemplo quem tem o coração bom se alegra, ou seja, o coração é responsável pela alegria, quem tem o baço fraco traz a preocupação ou excesso de pensamentos, a melancolia é gerada pelo pulmão, a ira pelo fígado e o temor/pânico pelos rins.

    • Cada órgão tem uma relação com uma emoção, porém existe um órgão que libera o fluxo de todas as emoções. Qual é?
      Como este órgão pode interferir na formação do Qi.
      obs: Próximo sábado avaliação de todo conteúdo ministrado em sala… bom estudo.

    • FICA MAIS FÁCIL DESTA FORMA A CADA ESTUDO…OS CONCEITOS CLAREIAM…VEJA CADA REGIÃO DA ORELHA É RESPONSÁVEL POR QUAL PARTE DO CORPO????
      ESTAREMOS SEMPRE A DISPOSIÇÃO, GRATA PELA ATENÇÃO..E INTERESSE!!!!!

  2. Regina Marques Says:

    1. O pavilhão auricular possui 16 regiões anatômicas.

    2. Zang Fu que produzem Qi e Sangue, como realizam esta função:
    O Rim gera e armazena o Qi ancestral (Qi original ou Qi pré-celestial), que promove as funções do Zang-Fu, controla a atividade sexual, o nascimento, crescimento e desenvolvimento. No Yang do Rim tem origem o Wei Qi ou Qi protetor, mas ele depende da função de transporte e transformação do Baço para nutrir-se e da função de dispersão do Pulmão para distribuir-se pela superfície do corpo. O Baço produz o Gu Qi ou Qi do alimento.
    Grande parte do Xue tem origem no Qi do alimento (Gu Qi), produzido pelo Baço, que juntamente com o Estômago são as principais fontes de Xue. O Pulmão auxilia no envio do Gu Qi que veio do Baço para o Coração, ou seja “empurra” o Qi do alimento para o Coração, onde é transformado em Xue, e leva Qi para os vasos, auxiliando o Coração a impulsionar o Xue pelo corpo. O Rim, contribui para a produção do Xue através do Qi ancestral, que interagindo com o Qi pós-celestial (Baço e Estômago – Gu Qi), auxilia na transformação do Gu Qi em Xue. O Rim também auxilia na transformação da Essência em Xue. Atuando sobre o Gu Qi com o auxílio do Qi original, a ação do Fogo do Coração forma o sangue.

    3. Zang Fu que se relaciona com o fluxo das emoções:
    O Fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo, mas seu papel mais importante, é sem dúvida, sobre o equilíbrio emocional. A estagnação do fluxo do Qi do Fígado frequentemente desequilibra o fluxo emocional, produzindo sentimentos de frustração e ira. E, da mesma forma, as emoções também podem levar a uma disfunção no Fígado, resultando num ciclo de causa e efeito. O livre fluir da energia do Fígado nos permitir responder satisfatoriamente aos desafios da vida, aos estímulos emocionais e afetivos. Já, os problemas ligados ao Fígado podem ser por falta ou por excesso de energia circulante. A repressão das emoções, por exemplo, pode provocar um bloqueio da energia, levando ao excesso de calor no Fígado. Como todas as emoções, boas ou más, passam pelo Fígado, não devemos reprimi-las infinitamente. Uma certa irritação que nos leva a reagir diante de um ataque ou quando nos sentimos lesados é diferente da raiva permanente, prejudicial a nossa saúde.

    • Resposta completa..!!!!!….veja agora até sábado ….orelhas…anatomia…todas as regiões..para que facilite em aula prática!!!
      Envie dúvidas, pois a avaliação de sábado é de todo o conteúdo ministrado até a última aula!!!! P A R A B É N SSSSSS.

      • Regina Marques Says:

        Obrigada, profa. Raquel, sempre nos estimulando a estudar e relacionar teoria com a prática.

  3. Carla Renata Says:

    1_16 regiões.

    2- pulmão,figado,baço,rim,coração

    Ex:O QI forte e vigoroso do baço resulta em bom apetite,sabor normal,labios vermelhos e b
    rilhantes.

    3- Figado

  4. Carla Renata Says:

    Complemento da resposta anterior número 3:
    Quando esta função do figado é normal,o corpo humano coordenará bem suas atividades mentais e morais.O que é indicado pela pela felicidade,está em paz.
    Quando o figado não executa bem esta função o corpo humano falhará.então indica ansiedade,depressão ,lamentação.

  5. Aline Coelho Says:

    1)QUANTAS REGIÕES ANATÔMICAS POSSUEM NO PAVILHÃO AURICULAR?
    São 16 regiões anatômicas

    2)QUAIS ZANG FU PRODUZEM ENERGIA(QI) E SANGUE? COMO REALIZAM ESTA FUNÇÃO?
    O baço é a fonte de produção do Qi (pós celestial) e sangue
    Quando comemos, o Estômago é responsável por receber o alimento, e a partir daí faz o Amadurecimento e a Decomposição dos alimentos, fazendo com que o Baço possa recebê-los. Assim que o Baço recebe os alimentos, ele irá transformá-los:
    Usando os alimentos na produção de Sangue e usando os alimentos na produção de Gu Qi (que vai para o pulmão, junta-se ao Zhong Qi e transforma-se em Wei Qi (Qi de defesa) e Ying Qi (Qi nutritivo)).

    3)QUAIS ZANG FU SE RELACIONAM COM O FLUXO DE EMOÇÕES? POR QUE?
    O Fígado regula as atividades emocionais. Como ao Coração, o Fígado é responsável pela atividade emocional, só quando o Qi e o sangue podem circular livremente, a mente ficará relaxada e tranquila, as desarmonias do Fígado são frequentemente acompanhadas de mudanças emocionais, tais como, a depressão mental e a ira. Quando o Qi do Fígado se estanca podem, por exemplo, aparecer sintomas de depressão mental e paranóia. Quando o Qi do Fígado está em excesso haverá irritabilidade, insónia, sonhos perturbadores, enjoos e vertigens. Assim, constatamos que as desarmonias do Fígado produzem distúrbios emocionais, da mesma maneira que uma prolongada irritação mental pode produzir um dano no Fígado
    O coração controla o sangue e os vasos sanguíneos, firmando a mente, as atividades do pensamento e a razão, sua emoção está voltada a alegria, que abriga a mente e assegura a existência do prazer. O excesso de alegria debilita o QI do coração
    O rim está relacionado com a emoção do medo.
    O fígado armazena e regula a quantidade do sangue, tendo a função dispersar e drenar a circulação da energia vital no organismo. Assim, relacionado com as emoções de depressão, a raiva e a irritabilidade.
    Baço controla o transporte e transformação dos nutrientes, as emoções do baço estão ligadas com obsessão, pensamentos, preocupações.
    O Baço aloja intenções e toma parte na direção do raciocínio. O excesso destes sentimentos debilita o QI do Baço
    O pulmão controla o QI e a respiração comunicando e regulando as vias dos líquidos. A relação da emoção do pulmão é a tristeza, mágoa, melancolia, desgosto. Quando a emoção excessiva leva ao desgaste do QI
    Ps:Raquel estou com dificuldade de assimilar o conteudo

  6. 1)Possue 16 regiões anatômicas.

    2)Segundo Zhen Jiu Da Che, de yang Chi Cho, enunciado n° 129: ” o Rim é um órgão gerador de energia potencial do organismo. Confere a potência ao corpo e a fineza ao espírito”.
    O rim recolhe e encerra o Thin ( Jing, quintessência) dos 5 órgãos. É o lugar de concentração de todos os Jing e assegura a manutenção dos ossos.
    O rim possui duas finalidades energéticas indispensáveis na perpetuação da espécie:
    No homem, o rim esquerdo chamado de “Rim Yin” ou “Rim Água” favorece a espermatogênese e mantém as qualidades vitais do esperma (espermatozóides numerosos, móveis, de morfologia normal).
    Na mulher o rim direito chamado “Rim Yang” ou “Rim Fogo” ou ainda “Ming Menn” (porta da vida”, assegura por um lado a manutenção do feto no útero e possui por outro lado um papel trófico no crescimento do feto.
    O rim é, pois, a fonte de energia vital (Jing qi- energia sexual e Yuanqi – energia original). É o assento do Jingshen (atividades mentais).
    Além das funções reconhecidas pelo Ocidente, a Medicina Chinesa atribui aos Rins o papel de guardiões das quintessências energéticas, especialmente no que se refere ao legado dos progenitores (Energia Ancestral, Jing Inato).
    O conceito chinês de Rim compreende também as estruturas ósseas, S.N.C., os genitais e o aparelho auditivo. O bom funcionamento de todos estes elementos depende da harmonia energética renal.
    O Pulmão ao ser considerado o “Mestre das energias” , mantém uma relação direta com todos os órgãos porém, sobretudo, com o elemento terra (BP), de quem se nutre e com o elemento água (R) ao qual alimenta.
    Comanda a pele e o pelo, como já dissemos, motivo pelo qual se supeitará de alterações deste MP em dermatopatias, demalgias, alopecias, etc.
    É responsável por dar calor ao sangue, pois sua energia Tong se relaciona com o coração e promove os batimentos cardíacos.
    O Fígado desenvolve um ótimo papel na economia energética com base nas funções:
    -Última purificação do processo de degradação alimentar (formação adequada de energia Wei).
    -Apoio material do plano Jue Yin (F-MC), ação direta sobre a ação psicoafetiva.
    -Órgão conservador e de controle sobre a distribuição do sangue.
    A energia do fígado indica que ele rege a agudeza visual.
    A energia hepática desenvolve um papel importante no equilíbrio das funções digestivas e metabólicas do BP, assim a estimulação excessiva da raiz yang hepática pode provocar um efeito diverso no nível do estômago, provocando uma gastralgia ou uma úlcera.
    O Baço-pâncreas mantém uma importante relação, como o movimento central, na gênese da maior parte das enfermidades descritas com relação ao resto dos movimentos, é uma das causas fundamentais das alterações pulmonares (asma e tosse); renais (formação de cálculos); cardíacos (por acoplamento com o pulmão-relação TA superior), etc.
    Regula a “umidade endógena” que metaboliza a partir dos aportes de seu acoplado esômago, portanto, tem uma, importante relação juntamente com o R e P na formação e manifestação (edemas) dos líquidos orgânicos.
    Regula a hematoporese ao ser, juntamente com o R e F (os três yin Zu ) os órgãos encarregados de formação de sangue.
    O baço, integrado no T.A.médio, desempenha uma função de fundamental importância com relação à energia Rong, pois uma vez que a recebe do estômago é o encarregado de enviá-la aos pulmões para a união com a energia dos cosmos.
    O baço é o órgão que contola a formação da saliva. Seu correto funcionamento depende a saudável divisão do líquido orgânico em geral. Por outro lado o sistema baço-pâncreas é responsável pelo pensamento reflexivo, seu prejuizo pode gerar idéias obsessivas.
    O Coração é o “Mestre do Sangue” e o “Guardião do Mental”.
    O coração é o “Imperador” é o órgão supremo da energia, “o mestre absoluto dos órgãos” é o “Fogo Imperial” como a máxima expressão energética enquadrada dentro do movimeto fogo.
    O coração controla a circulação sanguínea e os vasos sanguíneos.
    Rege toda a ação Shen (psíquica) através do Thân que subordina a sua ação o restante dos fatores psicoafetivos graças a sua influência sobre o cérebro (a maior parte da sua energia, que é veiculada através do sangue ao qual impulsiona, é absorvida pela massa encefálica). É responsável pela consciência, pela diferenciação de si e do outro.
    O coração se manifesta na língua, sendo esta um importante elemento de diagnóstico nas enfermidades cardíacas e também do resto dos movimentos como reflexo essencial (a orelha o R, o nariz o P, os lábios o BP, os olhos o F).
    O coração mantém uma importante relação com o ID, com o qual forma movimento e do qual, em parte, se nutre a fim de realizar sua ação de regulação termogênica (ulação Tai yang-Shaoyin).
    O coração forma junto com o rim o eixo fundamental da economia energética , eixo básico que rege o calor e o frio, como primeira manifestação necessária para a circunstância vital. O rim através do QI de aporte materializa o cérebro e o coração o energiza com sua atividade.
    O coração, portanto, terá uma ação específica sobre as alterações psíquicas, isto é, depressões, insônias, obsessões, etc.

    3) O órgão que controla as emoções é o fígado; ele controla o volume de sangue durante as diferentes actividades do corpo, por outro lado , armazena também durante os períodos de descanso, como no sono. Também tem um papel importante sobre o equilíbrio emocional. O fígado é responsável pelo livre movimento e harmonia da energia dos órgãos internos. O caráter normal do fígado é o movimento livre e não gosta da obstrução. Quando o Qi e o sangue podem circular livremente, a mente ficará relaxada e tranquila, as desarmonias do fígado são frequentementes acompanhadas de mudanças emocionais, tais como, a depressão mental e a ira. Quando o Qi do fígado se estanca podem, por exemplo, aparecer sintomas de depressão mental e paranóia. Quando o Qi do fígado está em excesso haverá irritabilidade,insônia, sonhos pertubadores, enjoos e vertigens.

    • acupunturaauricular Says:

      DESCULPAS PELA DEMORA DESTA CORREÇÃO!!

      ESTÁ COERENTE E DETALHADA.
      PARABÉNS PELA SUA DEDICAÇÃO E ESFORÇO.
      LEIA ESTA SUA RESPOSTA COM CALMA TEM UM GRANDE RESUMO!
      COM ESTES PARÁGRAFOS ENCONTRARÁ EXPLICAÇÃO PARA VÁRIAS DESARMONIAS.
      VEJA AS SUAS DÚVIDAS E ESTOU A SUA DISPOSIÇÃO.
      UM ABRAÇO,
      PROFESSORA RAQUEL TERRA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: